O mundo

O nosso olhar perde nitidez ao afirmar... o mundo és tu... porque a verdade é que... O Mundo é cada um em si... o outro é o nosso reflexo...


As pedras de xisto...pretas...

Uma pedra fria
lavada no desespero e no desprezo
cansados de lutas intérminas
de jogos perdidos

pérfida ilusão... mas existe o amor!
Mola concreta apetecida... transitória É
por definição nós Somos
Tu como eu, És

brincamos o mesmo jogo para nos divertirmos em conjunto
Está bem?

Tu dizes que sim, mas eu acredito

Tenho um sono longínquo que me desperta
renova e anima... não és tu!
Sou eu...

O nada e o imperfeito falam-me e dizem-me...
tranquiliza-te... despe-te de ti... sê tu próprio!

aguardo mais um pouco...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

olhar