Moléculas


[a origem do nome do blog radica neste texto escrito em 8 de Fevereiro, quando para clarificar o coração me expressei desta forma..]

Moléculas

... doçura extrema...
O Ser que se contextualiza no momento
chamam-lhe amor...

E... a pele insensível transmuta-se;
Coração alerta
... Cápsulas de ternura
Tresloucada figura...
Moléculas de ideias subtis

Ideias que marcam
Rompem auroras... criam
Desnudam dias e cansaços
Revelam espaços
Outrora esquecidos... ignorados...

Marcas reais
Moléculas... verdadeiras vidas
De loucura vestidas


serenos passos de poemas
sem sentido
passos
silêncios... vidas no pretexto
Vidas... moléculas perenes
não esquecidas... reais...

... homens de sonhos tortos...
moléculas... e os teus amores?
Um frio doce... terno... belo...
Amargo... moléculas que se formam
... e ficam... para sempre...
[silêncio]

The end!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

olhar