Oculto

É o movimento lunar
És no meu andar a tua história
Espelhos rombos
Jogos sem regras

Existe nessa tua ausência
aquilo que quero
existe num torpor a vida nova
moléculas de .... cálices amargos fel

Convidas-me para um copo de cicuta
Sei ao que vou
Sento-me olho-te olhamo-nos
... eu sei tu sabes sabemos... o medo atroz...

existe nesse teu olhar toda a repulsa
a perfeita canção da morte
eterno prazer inacabado
recuso beber sabendo a doçura do veneno

Levanto-me, sacudo o pó das meias
empoeirado o coração
Calças velhas

Vida nova!

Até já!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Capitais Próprios e a BTV

Rumores

olhar