quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Soslaio...

A tua beleza comove-me...
Sempre... todas as noites...

Se fosse livre seria uma ave intemporal
De asas laranja!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agostinho da Silva

"Morre menos gente de cancro ou de coração do que de não saber para que vive; e a velhice, no sentido de caducidade, de que tantos se v...