Um copo de nectar divino



... liberdade...

aquela beleza é Una

Uma árvore intemporal

nos teus seios renasço

jovem... sempre...

dia a pós dia renovo-me nesse amor

nessas tuas delicias imaginadas

vem enrola-me nas tuas pernas

cobre-me de beijos

faz-me cosmos e mãe terra

semente e semeadura

as estrelas e as flores
e todos os bichos do mundo
num mar ou num rio puro
nessa cascata e na piroga

eu sou tu és num fruto da terra
nós somos...para sempre!

aqui e agora em mim todos os amores e a terra toda
e todos os átomos todas as moléculas
todas tudo em todas... explosão interna
Acordo para nós ... um!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Capitais Próprios e a BTV

Rumores

olhar