terça-feira, 31 de março de 2015

sou (outra espécie de) deus

amargas as palavras e os pensamentos
que estás em mim
corrompes o meu ser, destróis os sonhos
fazes-me os dias iguais às noites escuras

vencer ou esquecer-te, vencer-te não posso
esquecer-te fazes parte de mim

vou fingir por momentos
que não me estás

quando amar serei eu
quando acordar serás tu ensonado em mim

que te mantenhas sonolento
durante o dia
e terei noites serenas

que te vás na noite com o medo

que amor eu sou


Os Convencidos da Vida

Muito para lá do futebol, uma coisa entranhada no sangue, nos ossos, nos músculos daqueles que sabem que são melhores!, o caldo de ironia qu...