No recreio como na vida


Há muitos anos atrás quando jogava à bola nos recreios ou nos baldios ou nos campos de futsal, quando entrávamos em campo já tínhamos uma ideia do que se ia passar, havia sempre entre nós 3 ou 4 tipos cheios de inteligência e arte e se mais do que dois estavam numa equipa estávamos bem lixados, era a equipa dos bons.
No nosso campeonato essa equipa é o Benfica, mas não parece, tal o sofrimento com que os jogos são ganhos. O ano passado também foi assim!
Desculpem-me, isto é estranho, não faz sentido.
Qual a razão destas vitórias sofridas quando a nossa equipa é manifestamente melhor que as restantes?
E ainda acresce que temos em geral dois jogadores de qualidade para cada posição e temos agora a chegada do Grimaldo e de todos em geral ao onze, (?).
Não entendo a tremideira.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

olhar