O Juíz


E o réu, cumprimentam-se, os advogados sem esforço bebem um café tardio.
A audiência nervosa, espera pela sentença acordada.
O jogo combinado, ...

E todas as histórias parecem repetir-se, um ciclo que se desrenova.

Vem a noite, valerá a pena o sono?
Sempre.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

olhar