Mãos de Vénus


onde me encontras
eu sou-te, onde nos somos
é a vida

ambos como um fio de mel
que te escorre dos lábios
e a tua língua, os teus lábios
esse fio de mel que me és

amor?
prazer eterno
os teus gemidos, o céu aqui
nas nossas mãos

a vida é agora

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Capitais Próprios e a BTV

Rumores

olhar