esta casa sem portas


caiada de branco voltada para o mar
nas mãos de uma mulher deusa
olhos verdes, cabelos negros, alma guerreira

as noites de amor são refeições sagradas
bebidas lentamente como se o vinho nunca chegasse

o seu corpo é a eternidade mergulhada no mundo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

olhar